Navigation

De Bill Clinton a Alexandria Ocasio-Cortez, democratas destacam passado e futuro do partido

Local onde o candidato presidencial democrata dos EUA, Joe Biden, fará discurso de aceitação da nomeação nesta semana 18/08/2020 REUTERS/Kevin Lamarque reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 19. agosto 2020 - 00:32

Por Joseph Ax

(Reuters) - Os democratas irão destacar os futuros líderes do partido e se voltarão para um grande nome do passado, o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, para promover a campanha do candidato presidencial da legenda, Joe Biden, na segunda noite da convenção nacional do partido, nesta terça-feira. 

A esposa de Biden, Jill Biden, uma de suas conselheiras políticas mais próximas, fará o discurso principal nesta terça-feira, após uma noite de abertura que apresentou um ataque mordaz da ex-primeira-dama Michelle Obama ao atual presidente dos EUA, o republicano Donald Trump.

Biden será nomeado formalmente nesta terça e fará seu discurso de aceitação na noite de quinta-feira. Sua vice, a senadora Kamala Harris, será a principal atração na noite de quarta-feira, ao lado do ex-presidente Barack Obama.

Com a convenção de quatro dias sendo realizada de maneira virtual por conta da pandemia de coronavírus, os delegados de todo o país irão votar remotamente para confirmar Biden, de 77 anos, como o indicado do Partido Democrata para enfrentar Trump, de 74 anos, nas eleições de 3 de novembro.

A convenção está sendo realizada enquanto aumentam as preocupações com a segurança dos eleitores no voto presencial devido à pandemia do novo coronavírus.

Os democratas pressionam pelo voto por correspondência como alternativa e pressionaram o diretor do Serviço Postal dos Estados Unidos, um importante doador da campanha de Trump, para que suspenda os cortes de gastos que atrasaram entregas de correspondências. Cedendo à pressão, o diretor-geral Louis DeJoy adiou as medidas de cortes de custos para depois das eleições.

Em vez de apresentar apenas um palestrante na terça-feira, o programa da convenção irá voltar seus holofotes sobre 17 das estrelas em ascensão no partido, incluindo Stacey Abrams, que foi nomeada para concorrer ao governo da Geórgia e que foi era das opções para integrar a chapa presidencial de Biden.

O tema da noite é "Liderança importa", disseram organizadores. 

Outros democratas que irão discursar incluem o ex-presidente Jimmy Carter, a deputada Alexandria Ocasio-Cortez, uma importante progressista; e Sally Yates, ex-procuradora-geral que entrou em confronto com Trump durante sua passagem pelo Departamento de Justiça.

(Reportagem adicional de Katanga Johnson e Alexandra Alper, em Washington; e Michael Martina, em Detroit)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.