Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O advogado do ex-gerente de campanha de Trump Paul Manafort disse nesta segunda-feira que não há nenhuma evidência de conluio de Manafort com o governo russo enquanto ele trabalhava para a campanha e que seu trabalho em nome da Ucrânia terminou dois anos antes.

"Eu acho que todos vocês viram hoje que o presidente Donald Trump estava correto. Não há provas de que o sr. Manafort ou a campanha Trump tenham conspirado com o governo russo", disse o advogado Kevin Downing a jornalistas depois que Manafort se declarou inocente de lavagem de dinheiro e outras acusações.

"O sr. Manafort representou campanhas pró-União Europeia para os ucranianos e ... buscava promover a democracia e ajudar a Ucrânia a aproximar-se dos Estados Unidos e da UE", disse Downing. "Essas atividades terminaram em 2014, dois anos antes de Manafort ter atuado na campanha Trump."

(Reportagem de Sarah N. Lynch)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters