Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Alto comissário da ONU para direitos humanos, Zeid Ra'ad al-Hussein, durante coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça 30/08/2017 REUTERS/Denis Balibouse

(reuters_tickers)

GENEBRA (Reuters) - A democracia está "viva por um triz" na Venezuela, onde o presidente Nicolás Maduro tem reprimido meses de protestos e consolidado seu poder, disse o chefe de direitos humanos da ONU nesta quarta-feira.

O alto comissário da ONU para direitos humanos, Zeid Ra'ad al-Hussein, cuja agência apresentou um relatório nesta quarta-feira documentando extensas violações de direitos humanos cometidas pelas forças de segurança da Venezuela, foi questionado se o país é agora uma ditadura.

"Eu acho que nós argumentaríamos que ao longo do tempo nós vimos uma erosão da vida democrática na Venezuela", disse Zeid em coletiva de imprensa. "Ela deve estar viva por um triz, se ainda estiver viva, é o jeito que eu olharia para isso".

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters