Navigation

Desastre com avião da Malásia atinge família australiana pela segunda vez

Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 15:43

SYDNEY (Reuters) - Um casal australiano que perdeu o filho e a nora a bordo do avião da Malaysia Airlines desaparecido em março está novamente em luto após a perda de mais parentes que estavam no avião derrubado na Ucrânia, noticiou a mídia local nesta sexta-feira.

Irene e George Burrows, de Biloela, na região central do Estado australiano de Queensland, são os pais de Rodney Burrows, que desapareceu junto com sua mulher, Mary, e outros 237 passageiros e tripulantes no voo MH370, em março.

A filha da enteada do casal, Maree Rizk, e seu marido Albert estavam a bordo do MH17 que caiu na Ucrânia na quinta-feira matando todas as pessoas a bordo, noticiou a mídia local.

"Tem sido um dia muito difícil", disse o filho de Greg Burrows ao jornal The Courier Mail.

(Reportagem de Lincoln Feast)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.