Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

COLOMBO (Reuters) - O deslizamento de uma montanha de lixo na capital do Sri Lanka, Colombo, matou pelo menos 16 pessoas e feriu mais de uma dezena disseram um porta-voz militar e representantes de hospitais neste sábado, enquanto socorristas escavavam a pilha de detritos em busca de sobreviventes.

A montanha de lixo de cerca de 90 metros de altura caiu depois de ser atingida por um incêndio no fim da sexta-feira, no dia do Ano Novo do país. Testemunhas disseram que cerca de 100 casas podem ter sido soterradas.

A contagem de mortos subiu para 16 à medida que mais corpos foram encontrados neste sábado, disse um porta-voz do Exército.

"Nós ouvimos um som muito forte. Foi como um trovão. As telhas da nossa casa racharam. Uma água preta começou a entrar", disse um morador de perto do depósito de lixo.

"Nós tentamos sair, mas estávamos presos de dentro de casa. Nós gritamos pedido socorro e fomos resgatados mais tarde."

Operações de resgate continuavam neste sábado, pelo segundo dia, com soldados usando equipamentos pesados para remover o lixo.

Moradores da área, a maior parte vivendo em casebres, haviam pedido a remoção do lixo, dizendo que ele estava causando problemas de saúde.

(Por Ranga Sirilal e hihar Aneez)

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters