QUITO (Reuters) - Pelo menos 17 pessoas morreram e 12 ficaram feridas em um incêndio, na sexta-feira, em uma clínica de reabilitação de drogas em Guayaquil, maior cidade do Equador, disseram as autoridades. 

O incêndio começou quando pacientes colocaram fogo em colchões para tentar escapar da clínica, que não possuía as licenças exigidas, de acordo com Tania Varela, chefe da polícia na área pobre da cidade onde o incidente aconteceu. 

Esses centros de tratamento improvisados são comuns no país andino. 

"Lamentamos a perda de 17 vidas humanas na tragédia e repudiamos a negligência dos donos", disse o departamento de bombeiros de Guayaquil, em um comunicado. 

A polícia busca a prisão dos donos e operadores da clínica.

(Reportagem de Yury Garcia em Guyaquil e Alexandra Valencia em Quito)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.