Reuters internacional

Diretor da Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA), Mike Pompeo, em Washington. 11/05/2017 REUTERS/Eric Thayer

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O diretor da CIA, Mike Pompeo, disse nesta quinta-feira que existe uma grande quantidade de armas na Venezuela e há um risco de que caiam em mãos erradas, à medida que o país enfrenta uma grave crise econômica e protestos nas ruas.

"É uma ameaça real", disse o diretor da Agência Central de Inteligência dos EUA ao responder a questionamento do senador republicano Marco Rubio, durante uma audiência no Senado sobre as ameaças mundiais de segurança.

Entretanto, ele afirmou: "Não temos visto nenhuma grande transferência de armas".

(Reportagem de Patricia Zengerle)

Reuters

 Reuters internacional