Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

CAIRO (Reuters) - O parlamento do Egito aprovou neste domingo uma reorganização do gabinete, incluindo quatro novos ministros, informaram fontes do governo, dois meses antes das eleições presidenciais.

Entre as mudanças, Abu Bakr al-Gendi foi nomeado ministro para Desenvolvimento Local, enquanto Rania al-Mashat assumirá a pasta de Turismo, Enas Abdeldayem a de Cultura e Khaled Badawyo Ministério de Empresas Públicas.

Dois novos vice-ministros também foram escolhidos como parte da reorganização.

O ministro de Habitação, Mustafa Madbuly, continuará atuando como primeiro-ministro interino, enquanto o primeiro-ministro Sherif Ismail se recupera de uma cirurgia, disseram as fontes do governo. O Egito está com eleições presidenciais marcadas para 26 a 28 de março, com uma segunda rodada entre 24 e 26 de abril. Os candidatos devem se registrar entre 20 e 29 de janeiro.

A última reorganização de gabinete do Egito ocorreu em fevereiro do ano passado e incluiu novos ministros de Investimento e Agricultura.

(Por Moemen Abdelkhalek)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters