Reuters internacional

Egípcios carregam caixões após ataque contra cristãos em Minia 26/5/2017 REUTERS/Mohamed Abd El Ghany

(reuters_tickers)

Por Ahmed Aboulenein

MINIA, Egito (Reuters) - Aviões da Força Aérea do Egito realizaram ataques aéreos direcionados contra acampamentos na Líbia onde Cairo acredita que eram treinados os militantes responsáveis por um ataque mortal contra cristãos mais cedo nesta sexta-feira, disseram fontes militares egípcias.

O presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, disse ter ordenado ataques aéreos contra o que chamou de acampamentos terroristas, declarando em discurso televisionado que Estados que patrocinaram terrorismo serão punidos.

As fontes disseram que seis ataques ocorreram próximos a Derna, no leste da Líbia, por volta do pôr do sol, horas após atiradores mascarados atacarem um grupo de cristãos coptas que viajava para um mosteiro na região central do Egito, matando 29 pessoas e ferindo 24.

As forças militares do Egito disseram que a operação está em curso e foi realizada após ser verificado que os acampamentos treinaram os atiradores por trás dos ataques contra cristãos coptas em Minia, região central do Egito, na manhã desta sexta-feira.

“O incidente terrorista que aconteceu hoje não irá passar despercebido”, disse Sisi. “Estamos atualmente tendo como alvo os acampamentos onde os terroristas foram treinados.”

Ele disse que o Egito não irá hesitar em realizar novos ataques aéreos contra acampamentos que treinaram pessoas para realizar operações contra o Egito, sejam estes acampamentos dentro ou fora do país.

Reuters

 Reuters internacional