Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

DAMASCO (Reuters) - Um ministro importante do governo sírio classificou neste domingo como "piada" o plano da administração liderada por curdos no norte da Síria de realizar eleições e disse que não permitirá ameaçar a unidade territorial do país.

O vice-ministro das Relações Exteriores, Faisal Mekdad, também disse que o governo sírio deve eventualmente reafirmar controle sobre algumas áreas lideradas por curdos, que até agora Damasco vinha tolerando em um relacionamento desconfortável. 

"[As eleições] serão uma piada. A Síria nunca permitirá que nenhuma parte de seu território seja separada", disse Mekdad em Damasco em entrevista à Reuters e à BBC.

(Por Kinda Makieh)

Reuters