Navigation

Eleição presidencial no Afeganistão terá recontagem de votos

Este conteúdo foi publicado em 12. julho 2014 - 20:11

CABUL (Reuters) - Os dois candidatos rivais na eleição presidencial do Afeganistão concordaram em respeitar os resultados da recontagem de votos supervisionada pela ONU para resolver disputas sobre o resultado, disse o secretário de Estado dos Estados Unidos John Kerry, após conversar com ambos.

A recontagem deve começar dentro de 24 horas, e uma posse presidencial marcada para 2 de agosto será adiada, disse Kerry numa conferência de imprensa conjunta com os dois candidatos, Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani.

"Ambos os candidatos se comprometeram a participar e respeitar os resultados da maior e mais abrangente de auditoria, em que cada cédula será auditada", disse Kerry. "Este é o sinal mais forte possível de ambos os candidatos do desejo de restaurar a legitimidade do processo."

(Reportagem de Lesley Wroughton)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.