Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, discursou apaixonadamente na sexta-feira em favor da diversidade, ao acolher todos os grupos religiosos, em uma mensagem não tão velada ao sucessor de seu marido, duas semanas antes da posse do republicano Donald Trump.

No que foi anunciado como seu último discurso formal antes de o presidente Barack Obama deixar o cargo, a primeira-dama disse em um evento de homenagem a conselheiros escolares que a América pertence às pessoas de todas as origens e grupos sociais.

"Nossa gloriosa diversidade --a nossa diversidade de religiões, raças e credos-- não é uma ameaça para quem somos, nos faz quem somos", disse ela.

Os comentários lembraram seus discursos fervorosos durante a campanha da democrata Hillary Clinton para a eleição de 2016.

O presidente eleito Donald Trump propôs a construção de um muro ao longo da fronteira com o México e também indicou a proibição temporária da entrada de muçulmanos no país.

(Por Jeff Mason)

Reuters