Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O embaixador da Rússia na Organização das Nações Unidas, Vitaly Churkin, durante coletiva de imprensa na sede da ONU em Nova York, nos Estados Unidos 02/09/2015 REUTERS/Brendan McDermid

(reuters_tickers)

MOSCOU (Reuters) - O embaixador da Rússia na Organização das Nações Unidas, Vitaly Churkin, morreu em Nova York, informou o Ministério das Relações Exteriores russo em comunicado nesta segunda-feira.

O ministério não deu detalhes sobre as circunstâncias da morte, mas ofereceu condolências aos parentes e disse que o diplomata morreu um dia antes de completar 65 anos.

A ONU se disse "chocada" com a morte repentina do enviado russo e enviou condolências a Moscou, informou a agência de notícias Tass, que citou um representante do secretário-geral da ONU, Antonio Gutérres.

(Reportagem de Jack Stubbs)

Reuters