Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NOVA YORK (Reuters) - Os Estados Unidos não estão mais fazendo da retirada do presidente sírio, Bashar al-Assad, um foco de sua política no país devastado pela guerra, disse nesta quinta-feira a embaixadora dos EUA na Organização das Nações Unidas (ONU).

"Nossa prioridade não é mais sentar lá e se concentrar em tirar Assad", disse a embaixadora Nikki Haley a um pequeno grupo de repórteres. "Nossa prioridade é realmente olhar como nós conseguiremos fazer as coisas, com quem precisamos trabalhar para realmente fazer a diferença para as pessoas na Síria."

"Não podemos necessariamente nos concentrar em Assad da mesma forma que o governo anterior", afirmou ela.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Reuters