Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Rapper norte-americano Eminem durante show em Abu Dhabi 04/11/2012 REUTERS/Jumana ElHeloueh

(reuters_tickers)

Por Brendan O'Brien

(Reuters) - O rapper Eminem chamou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de líder racista e imprudente em um vídeo que foi ao ar na noite de terça-feira durante a premiação Black Entertainment Television Hip Hop Awards.

Eminem disse aos seus fãs no rap de quatro minutos que eles precisam escolher entre apoiar ele ou o presidente.

"Racismo é a única coisa pela qual ele é fantástico", cantou Eminem no vídeo, que foi gravado na sexta-feira em uma garagem em Detroit.

Trump já rejeitou anteriormente acusações de racismo. Em fevereiro, por exemplo, ele disse ser "a pessoa menos racista".

Representantes da Casa Branca não responderam de imediato a um pedido por comentários sobre o rap de Eminem, que se tornou um dos vídeos mais assistidos do Youtube na manhã desta quarta-feira.

A música também menciona Barack Obama, predecessor de Trump, e Hillary Clinton, adversária democrata do presidente na eleição do ano passado.

"Mas é melhor que a gente respeite o Obama / porque o que nós temos no governo agora é um kamikaze / que vai provavelmente causar um holocausto nuclear", cantou Eminem.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters