Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Erdogan concede entrevista à Reuters em Ancara 25/4/2017 REUTERS/Umit Bektas

(reuters_tickers)

Por Samia Nakhoul e Nick Tattersall e Orhan Coskun

ANCARA (Reuters) - O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, insistiu repetidamente em uma entrevista exclusiva à Reuters nesta terça-feira que não pode haver uma solução para o conflito na Síria enquanto o presidente Bashar al-Assad permanecer no poder.

"Assad não é o endereço para uma solução esperada na Síria", disse Erdogan no palácio presidencial na capital turca. "A Síria precisa ser liberada de Assad para que uma solução possa emergir".

Erdogan também indicou uma suavização do apoio da Rússia ao presidente sírio. Segundo Erdogan, o presidente russo, Vladimir Putin, disse a ele: "'Erdogan, não me leve a mal. Não sou um defensor de Assad, não sou advogado dele'. Isso foi o que ele disse. Putin me disse isso".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters