Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Equipe saudita desembarca na Turquia para investigação sobre Khashoggi, dizem fontes

ISTAMBUL (Reuters) - Uma delegação da Arábia Saudita desembarcou na Turquia como parte de uma investigação conjunta sobre o desaparecimento do proeminente jornalista saudita Jamal Khashoggi, disseram três fontes turcas nesta sexta-feira.

Uma fonte saudita também disse que um membro sênior da realeza, o príncipe Khaled al-Faisal, visitou a Turquia na quinta-feira para conversas. No final da quinta-feira, a Turquia informou que os dois países haviam concordado em formar um grupo conjunto de trabalhos – uma iniciativa de Riad – para investigar o caso.

Khashoggi entrou no consulado saudita em Istambul em 2 de outubro para buscar documentos para seu futuro casamento. Autoridades sauditas disseram que ele deixou o local pouco depois, mas autoridades turcas e sua noiva, que aguardava do lado de fora, disseram que ele nunca saiu.

Fontes turcas disseram à Reuters que a avaliação inicial da polícia é que Khashoggi, um crítico ao governo saudita, foi deliberadamente morto dentro do consulado. Riad rejeitou as acusações como infundadas.

“Uma delegação desembarcou na Turquia como parte de esforços para formar um grupo conjunto de trabalhos com a Arábia Saudita”, disse uma das três fontes.

A delegação, que chegou na quinta-feira, irá se encontrar com o procurador turco que investiga o caso, assim como representantes do Ministério da Justiça, do Ministério do Interior, da polícia e da agência de inteligência, disse outra fonte.

(Reportagem de Orhan Coskun)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Longform The citizens' meeting

Teaser Longform The citizens' meeting

advent calendar

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.