Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

ANKARA (Reuters) - O primeiro-ministro Tayyip Erdogan agradeceu seus apoiadores por elegê-lo como décimo segundo presidente da Turquia neste domingo, declarando vitória nas primeiras eleições populares do país para chefe de Estado.

"Hoje não foi Recep Tayyip Erdogan quem venceu esta eleição, mas a vontade nacional, da democracia", disse Erdogan a milhares de apoiadores em seu primeiro discurso como presidente eleito na sacada do escritório de seu Partido AK em Ankara.

"Estamos encerrando uma era e nos movendo para uma nova."

"Digo de coração, vamos iniciar hoje um novo período de reconciliação social e vamos deixar as velhas discussões para a velha Turquia", disse Erdogan.

Apoiadores buzinavam e levantavam bandeiras nas ruas da capital Ankara depois de as emissoras locais informarem que Erdogan venceu com 52 por cento dos votos, 13 pontos a mais que seu rival mais próximo e evitando um segundo turno.

O presidente do comitê eleitoral confirmou que Erdogan teve maioria dos votos, com mais de 99 por cento das urnas apuradas, e disse que dados completos provisórios serão anunciados na segunda-feira.

(Por Gulsen Solaker, Asli Kandemir e Selin Bucak)

Reuters