Por Jessica Jones e Jesús Aguado

MADRI (Reuters) - A Espanha realizou sua segunda eleição parlamentar no ano neste domingo em meio à expectativa de novo pleito sem um vencedor claro, com um Parlamento ainda mais fragmentado e com impulso considerável à extrema direita.

Pesquisas de opinião antes da votação não mostraram nenhum partido conquistando a maioria.

Os socialistas estavam na liderança, mas provavelmente devem ganhar um número menor de cadeiras do que na votação de abril. Enquanto isso, o conservador Partido Popular (PP) poderá ganhar força e o partido de extrema direita Vox poderá se tornar o terceiro maior partido, apenas alguns meses depois de assegurar seus primeiros assentos no Parlamento.

O primeiro-ministro interino, Pedro Sánchez, convocou a eleição -- a quarta em quatro anos -- apostando que um novo pleito fortaleceria seu poder depois do seu Partido Socialista ter vencido em abril, mas não ter conseguido forjar as alianças necessárias para formar um governo.

A Espanha luta para unir governos estáveis ​​desde 2015, quando surgiram novos partidos depois da crise financeira, num quadro que mudou décadas de poder sendo alternado entre os socialistas e o PP.

Esperanza de Antonio, uma professora de história aposentada de 64 anos que votou nos Socialistas em Madri, estava preocupada com a ascensão do Vox, que ela chamou de perigo para a democracia.

"Estou dizendo isso porque ensino sobre fascismo há 30 anos", disse ela à Reuters. Os espanhóis mais velhos ainda se lembram da ditadura de 1939 a 1975 de Francisco Franco.

Mas Carmen Queral, uma professora de 44 anos da escola primária, disse que um Vox forte é precisamente o que a Espanha precisa. "Precisamos de mudanças", disse ela após votar no centro de Madri.

A votação termina às 20h do horário local (16h no horário de Brasília). Os resultados devem começar a surgir no início da noite, com quase todos os votos contabilizados até meia-noite.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.