Reuters internacional

CAIRO (Reuters) - O Estado Islâmico assumiu responsabilidade pelos ataques a uma estação de ônibus de Jacarta que deixaram pelo menos três policiais mortos e outros 12 feridos na quarta-feira.

"O executor do ataque à reunião da polícia indonésia em Jacarta foi um combatente do Estado Islâmico", disse a agência de notícias Amaq, do grupo.

O ataque foi o mais mortal na Indonésia desde janeiro de 2016, quando oito pessoas foram mortas, quatro delas agressores, depois que homens-bomba e atiradores atacaram a capital.

(Reportagem de Ali Abdelatti)

Reuters

 Reuters internacional