Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Vice-presidente da Assembleia Nacional e líder da oposição da Venezuela, Freddy Guevara, durante coletiva de imprensa em Caracas 17/07/2017 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O Estados Unidos condenaram, nesta terça-feira, o "crescente desrespeito pela democracia e direitos humanos fundamentais" por parte do governo da Venezuela, depois que autoridades foram atrás de um parlamentar de oposição que buscou refúgio na embaixada do Chile.

"Ao tentar remover a imunidade parlamentar do democraticamente eleito vice-presidente da Assembleia Nacional e líder da oposição, Freddy Guevara, e impedir que ele deixe o país, o regime está exercendo outra medida extrema para acabar com o espaço democrático na Venezuela, criminalizar a divergência e controlar a informação", disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, em comunicado.

(Reportagem de Makini Brice)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters