Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Vice-presidente da Assembleia Nacional e líder da oposição da Venezuela, Freddy Guevara, durante coletiva de imprensa em Caracas 17/07/2017 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O Estados Unidos condenaram, nesta terça-feira, o "crescente desrespeito pela democracia e direitos humanos fundamentais" por parte do governo da Venezuela, depois que autoridades foram atrás de um parlamentar de oposição que buscou refúgio na embaixada do Chile.

"Ao tentar remover a imunidade parlamentar do democraticamente eleito vice-presidente da Assembleia Nacional e líder da oposição, Freddy Guevara, e impedir que ele deixe o país, o regime está exercendo outra medida extrema para acabar com o espaço democrático na Venezuela, criminalizar a divergência e controlar a informação", disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, em comunicado.

(Reportagem de Makini Brice)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters