Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Manifestantes protestam contra papel do Irã em Aleppo 16/12/2016 REUTERS/Murad Sezer

(reuters_tickers)

VIENA (Reuters) - O Irã possui aproximadamente um terço do urânio enriquecido permitido sob um acordo com potências mundiais, informou nesta sexta-feira o órgão de supervisão nuclear da ONU após um processo acertado com as potências tornar grandes quantidades oficialmente irrecuperáveis, excluindo-as do total.

"Em 18 de fevereiro de 2017, a quantidade de urânio enriquecido U-235 do Irã de até 3,67 por cento era 101,7 kgs", informou a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) em relatório trimestral sobre atividades nucleares iranianas. O resultado está bem abaixo do limite de 300 quilos definidos no acordo.

Diplomatas haviam dito que o Irã teria chegado recentemente perto do limite de 300 quilos de urânio enriquecido. O relatório confidencial aos Estados membros da AIEA é o primeiro da agência desde a posse do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, crítico feroz ao acordo.

(Reportagem de Francois Murphy)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters