Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos EUA, Donald Trump 26/04/2017 REUTERS/Carlos Barria

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Um esboço de decreto que retiraria os Estados Unidos do Acordo de Livre Comércio da América do Norte está sendo considerado pela Casa Branca, disse um alto funcionário do governo norte-americano nesta quarta-feira.

Não está claro se o decreto será emitido pelo presidente Donald Trump, que acusou o Nafta --um pacto comercial entre Estados Unidos, México e Canadá-- de minar os empregos nos EUA. Trump prometeu deixar o Nafta caso não consiga termos melhores para o país.

O possível decreto, divulgado pela primeira vez pelo Politico, derrubou ações e moedas no México e no Canadá. Os investidores estavam repensando suas suposições de que Trump se afastaria de algumas das ações drásticas sobre comércio que ele prometeu durante a campanha presidencial.

"É uma indicação clara de que eles (na Casa Branca) estão querendo mudanças, mas teremos que ver o que acontece", disse Paul Ferley, economista-chefe assistente do Royal Bank of Canada.

Trump tem há muito tempo acusado o México de destruir empregos nos EUA e recentemente aumentou suas críticas ao Canadá, dizendo na semana passada que a proteção de Ottawa à sua indústria de laticínios era "injusta".

Nesta semana, Trump ordenou tarifas de 20 por cento sobre as importações de madeira maciça canadense, estabelecendo um tom tenso num momento em que os três países se preparam para renegociar o pacto comercial de 23 anos.

(Reportagem de Steve Holland)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters