Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e presidente da Argentina, Mauricio Macri, em Buenos Aires 15/08/2017 REUTERS/Marcos Brindicci

(reuters_tickers)

BUENOS AIRES (Reuters) - O presidente argentino, Mauricio Macri, disse nesta terça-feira que seu país e os Estados Unidos concordaram em manter a pressão sobre o governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, pela realização de eleições na Venezuela e a libertação de presos políticos.

O vice-presidente norte-americano, Mike Pence, que se reuniu com Macri em Buenos Aires, disse que os EUA estão confiantes de que trabalhando "com aliados da região" será possível chegar a uma solução pacífica para a crise venezuelana.

(Reportagem de Luc Cohen e Nicolás Misculin)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters