WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos e o Reino Unido acusaram nesta segunda-feira hackers apoiados pelo governo da Rússia de infectarem roteadores ao redor do mundo em uma campanha de ciberespionagem que tem como alvo agências governamentais, empresas e operadores de infraestruturas críticas.

Autoridades dos EUA e do Reino Unido disseram a jornalistas em uma teleconferência que planejam emitir um alerta conjunto sobre os ataques, que tiveram como alvo roteadores que formam uma parte fundamental da infraestrutura da internet, em uma campanha de ciberespionagem que pode ser ampliada no futuro para lançar ataques ofensivos.

(Por Jim Finkle e Doina Chiacu)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.