Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, disse neste domingo que o Catar e os quatro Estados árabes que impuseram um boicote ao pequeno e rico vizinho deveriam sentar-se juntos para chegar a uma solução.

"Um próximo passo produtivo seria os países sentarem juntos e continuarem esta conversa", disse Tillerson, em um comunicado. "Nós acreditamos que nossos aliados e parceiros são mais fortes quando estão trabalhando juntos por um objetivo que, todos concordamos, é parar o terrorismo e enfrentar o extremismo".

Arábia Saudita, Egito, Bahrein e Emirados Árabes enviaram uma lista com 13 exigências aparentemente voltadas para o desmonte da política externa intervencionista de duas décadas do Catar. O Kuwait está ajudando a mediar a disputa. 

"Uma retórica mais branda também ajudaria a diminuir a tensão", disse Tillerson, acrescentando que os Estados Unidos continuarão em contato próximo com todos os países envolvidos. 

(Por Lindsay Dunsmuir)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters