Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, durante sessão do Conselho de Segurança das Nações Unidas em Nova York 04/09/2017 REUTERS/Joe Penney

(reuters_tickers)

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - Os Estados Unidos querem que o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas imponha um embargo de petróleo à Coreia do Norte, proíba as exportações de têxteis do país e a contratação de trabalhadores norte-coreanos no exterior e determine ao líder Kim Jong Un um congelamento de ativos e proibição de viagem, de acordo com um esboço de resolução visto pela Reuters nesta quarta-feira.

A embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, disse que quer que o conselho de 15 membros vote o projeto de resolução na segunda-feira. No entanto, o embaixador russo na ONU, Vassily Nebenzia, afirmou que isso pode ser "um pouco prematuro".

Não estava imediatamente claro se o esboço de resolução tinha o apoio da China, aliada norte-coreana. Uma resolução precisa de nove votos a favor e nenhum veto de Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia ou China para ser aprovada.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters