Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro (à esquerda) fala com o ministro da Defesa do país, Vladimir Padrino Lopez, durante evento militar em Caracas, na Venezuela 23/06/2017 Miraflores Palace/Divulgação

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O governo de Donald Trump está preparando sanções contra várias autoridades importantes da Venezuela, incluindo o ministro da Defesa do país e um líder do partido governista, por supostas violações dos direitos humanos, e pode anunciar as medidas já nesta terça-feira, disseram autoridades norte-americanas.

Entre os que provavelmente serão alvo estão o ministro da Defesa, Vladimir Padrino Lopez, e Diosdado Cabello, vice-presidente do partido socialista do presidente Nicolás Maduro, afirmaram as autoridades, falando sob anonimato.

As sanções podem ser divulgadas já nesta terça-feira, declarou uma das autoridades à Reuters. Outra fonte dos EUA disse que, embora seja possível um anúncio na terça, ele pode ser adiado.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters