Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BERLIM (Reuters) - Os Estados Unidos precisam manter seus acordos internacionais sob a Presidência de Donald Trump, disse o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schaeuble, nesta sexta-feira, acrescentando não esperar uma grande guerra comercial apesar do ataque do presidente eleito dos EUA a montadoras alemãs.

Trump, a poucas horas de tomar posse, prometeu fazer grandes mudanças na política comercial dos EUA, e economistas veem seu protecionismo como o maior risco para o crescimento dos EUA.

“Os EUA também assinaram acordos internacionais”, disse Schaeuble à revista Der Spiegel.

“Eu não acho que uma grande guerra comercial vai começar amanhã, mas nós naturalmente insistimos que acordos sejam mantidos”, disse ele. 

Trump criticou montadoras de veículos alemãs nesta semana por não produzirem mais carros nos EUA, e alertou que pode impor um imposto de 35 por cento sobre importações de automóveis.

Companhias norte-americanas empregam mais de 600 mil pessoas na Alemanha, maior parceiro comercial dos EUA na Europa, e companhias alemãs empregam mais ou menos o mesmo número nos Estados Unidos.

(Por Andrea Shalal)

Reuters