Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, chega em reunião com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, em Santiago, Chile 16/8/2017 REUTERS/Ivan Alvarado

(reuters_tickers)

SANTIAGO (Reuters) - Os Estados Unidos usarão sua força e diplomacia até que seja restaurada a democracia na Venezuela, disse nesta quarta-feira o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, durante visita ao Chile.

Pence, que se reuniu com a presidente chilena, Michelle Bachelet, aproveitou a ocasião para também pressionar Chile, Brasil, México e Peru a romper laços econômicos e políticos com a Coreia do Norte.

A visita de Pence ocorre depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou na semana passada com uma possível intervenção militar na Venezuela, em uma inesperada escalada na resposta de Washington à crise política no país sul-americano.

No entanto, o vice-presidente norte-americano tem adotado um tom mais conciliador sobre a situação da Venezuela durante viagem pela América Latina que inclui visitas a Colômbia, Argentina, Chile e Panamá.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters