Navigation

Europa pode conviver com Covid-19 gerenciando lockdowns localizados, diz diretor regional da OMS

Diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, em Copenhague 27/03/2020 Ida Guldbaek Arentsen /Ritzau Scanpix/ via REUTERS reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 01. setembro 2020 - 12:00

LONDRES (Reuters) - A Europa pode conviver com a Covid-19 sem uma vacina, apenas com o gerenciamento de surtos por meio de lockdowns localizados, disse o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a região nesta terça-feira, acrescentando não acreditar no retorno de restrições de amplitude nacional.

"O dia que vamos vencer a pandemia não é necessariamente o da vacina. É quando aprendermos a conviver com a pandemia, e isso pode ser amanhã", disse Hans Kluge, diretor regional da OMS para a Europa, à Sky News.

Indagado se ele espera a adoção de lockdowns de amplitude nacional para conter uma segunda onda de infecções, ele disse: "Não".

"Estou otimista, mas não podemos excluir lockdowns localizados", disse.

(Reportagem de Alistair Smout)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.