Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - O Exército da Síria e seus aliados tomaram Albu Kamal, o último bastião do Estado Islâmico em solo sírio, o que representa o fim do projeto do grupo radical na região, disse o comando-geral do Exército nesta quinta-feira.

Em um comunicado, o Exército informou que agora ataca os bolsões derradeiros do Estado Islâmico no deserto do leste do país.

"A libertação da cidade de Albu Kamal é muito importante porque sinaliza o colapso geral do projeto da organização terrorista Daesh (Estado Islâmico) na região", disse o comunicado do comando-geral.

Recentemente o Exército sírio, ao lado do libanês Hezbollah e outras milícia xiitas, e com apoio de Irã e Rússia, recuperou porções de terra do Estado Islâmico.

Albu Kamal, no rio Eufrates, está localizado em Deir al-Zor, província do leste sírio que faz fronteira com o Iraque.

Na quarta-feira, durante a batalha, forças do Hezbollah entraram no Iraque e as Forças de Mobilização Popular iraquianas cruzaram para a Síria para ajudarem a capturar a cidade, disse um comandante da aliança pró-Damasco à Reuters na quarta-feira.

(Por Sarah Dadouch, Lisa Barrington e Angus McDowall)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters