Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - O exército sírio e seus aliados assumiram controle total da cidade de Deir al-Zor do Estado Islâmico, a maior e mais importante cidade do leste da Síria, informou nesta quinta-feira o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Não houve comentário imediato da mídia estatal síria.

Apoiado por ataques aéreos russos e lutando ao lado de milícias apoiadas pelo Irã e do grupo libanês xiita Hezbollah, o exército sírio iniciou seu ataque contra o Estado Islâmico na cidade em setembro.

O Estado Islâmico havia tomado a maior parte da cidade desde 2014, exceto por um grande bolsão onde tropas do exército sírio e 93 mil civis haviam ficado por três anos.

    A capital provincial fica no lado oeste do rio Eufrates. As Forças Democráticas Sírias (SDF), apoiadas pela coalizão liderada pelos Estados Unidos, realizaram seu próprio ataque contra o Estado Islâmico na província em setembro, avançando pelo lado leste do rio.

    A cidade tinha significado estratégico para o Estado Islâmico porque fica próxima à fronteira com o Iraque, onde o grupo também controla territórios. A cidade também possui importância por ser a capital da província produtora de petróleo.

         

(Reportagem de Sarah Dadouch)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters