Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O ex-ditador panamenho Manuel Noriega morreu na segunda-feira, aos 83 anos, após passar os últimos meses de sua vida em coma depois de ter passado por uma cirurgia no cérebro da qual não se recuperou, disse o presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, em sua conta oficial no Twitter.

"Morte de Manuel A. Noriega fecha um capítulo da nossa história; suas filhas e seus familiares merecem um sepultamento em paz", escreveu o presidente panamenho.

O general aposentado dominou as manchetes do mundo todo em 20 de dezembro de 1989, quando 28.000 soldados norte-americanos tomaram o controle da Cidade do Panamá para derrubar seu regime brutal (1983-1989) que espionava para a CIA, trabalhava com traficantes de drogas e torturava seus inimigos.

(Reportagen de Elida Moreno)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters