Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Paul Manafort, ex-gerente de campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante coletiva de imprensa em Cleveland 19/07/2016 REUTERS/Carlo Allegri

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Paul Manafort, ex-gerente de campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se entregou a autoridades federais nesta segunda-feira, em meio a uma investigação em andamento sobre suposta interferência russa na campanha presidencial norte-americana de 2016, relataram a CNN e o The New York Times, citando fontes não identificadas.

O jornal The New York Times, citando alguém envolvido no caso, disse que Rick Gates, ex-sócio de Manafort, também recebeu ordens para se entregar às autoridades norte-americanas.

Manafort foi visto chegando ao escritório do FBI em Washington nesta segunda-feira.

(Reportagem adicional de Jonathan Ernst)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters