Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Líder destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, durante coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica 31/10/2017 REUTERS/Eric Vidal

(reuters_tickers)

BRUXELAS (Reuters) - Um juiz belga concedeu liberdade condicional ao líder destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, e a quatro de seus ministros, e o grupo deve comparecer ao tribunal dentro de 15 dias, afirmaram promotores belgas nesta segunda-feira.

Puigdemont, que se entregou à polícia belga depois que a Espanha emitiu um pedido de prisão por rebelião e mal uso de recursos públicos contra ele, está proibido de deixar a Bélgica sem a autorização de um juiz.

"O próximo passo nos procedimentos é a aparição dos cinco réus ante a Câmara do Conselho dentro dos próximos 15 dias", disseram os promotores em comunicado.

(Reportagem de Foo Yun Chee)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters