Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ex-premiê francês Manuel Valls. REUTERS/Charles Platiau

(reuters_tickers)

PARIS (Reuters) - Manuel Valls, que deixou o cargo de primeiro-ministro no governo socialista da França há um mês para concorrer na eleição presidencial deste ano, continua como favorito a vencer as primárias da esquerda neste mês, de acordo com uma pesquisa de opinião divulgada nesta quinta-feira.

Valls é visto como ganhador do primeiro turno, em 22 de janeiro, com 43 por cento, à frente do segundo colocado, Arnaud Montebourg, ex-ministro da Economia, com 25 por cento, e do terceiro colocado Benoit Hamon, com 22 por cento, mostrou a pesquisa da Harris Interactive encomendada para a France Televisions.

Dessa forma, ele pode seguir em frente para vencer a confirmação como candidato presidencial se superar um desses dois oponentes no segundo turno, em 29 de janeiro. A expectativa é que, nesta fase, tenha entre 55 e 57 por cento dos votos, de acordo com a pesquisa. Um resultado semelhante foi mostrado por outras pesquisas em dezembro. 

Pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de fato mostram Valls, que é amplamente associado ao impopular presidente François Hollande, com poucas chances de conquistar a Presidência da França.

O ex-premiê é visto em um distante quinto lugar, eliminado logo no primeiro turno, em 23 de abril. O segundo turno, em 7 de maio, seria vencido pelo conservador François Fillon sobre a candidata de extrema-direita Marine Le Pen, segundo as pesquisas. 

A pesquisa divulgada nesta quinta-feira foi feita online entre 2 e 4 de janeiro, com 6.245 pessoas em idade de voto, dos quais 478 eleitores registrados que disseram que irão definitivamente votar nas primárias da esquerda.

(Por Andrew Callus)

Reuters