Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ex-presidente Jimmy Carter no Parlamento britânico 3/2/2016 REUTERS/Neil Hall

(reuters_tickers)

Por Rod Nickel

WINNIPEG, Canadá (Reuters) - O ex-presidente norte-americano Jimmy Carter foi posto sob observação nesta quinta-feira por ter ficado desidratado em um projeto de construção de uma instituição de caridade no Canadá, mas está "OK", disse a Habitat for Humanity.

Carter, de 92 anos, desmaiou no local da obra em Winnipeg, relataram organismos de notícia locais. Em um comunicado, a Habitat for Humanity, instituição de caridade que promove o acesso a moradias acessíveis, disse que ele se desidratou por estar trabalhando debaixo do sol quente.

Carter, democrata que esteve à frente da Casa Branca entre janeiro de 1977 e janeiro de 1981, recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 2002 por seu trabalho humanitário.

"O presidente Carter nos disse que está OK e que está sendo retirado do local para observação", informou a Habitat em um comunicado publicado nas redes sociais. "Ele incentiva todos a se hidratarem e continuarem construindo."

Carter vem atuando como voluntário de um projeto para erguer 150 casas em cidades de todo o Canadá com a Habitat for Humanity.

A organização observou que Carter pediu que outros envolvidos no esforço continuem trabalhando pelo restante do dia.

Ele a sua esposa, Rosalynn Carter, já rodaram o mundo trabalhando com a Habitat desde 1984, de acordo com a organização.

         (Reportagem adicional de Bernie Woodall)

Reuters