Navigation

Ex-presidente da França Giscard d'Estaing morre aos 94 anos

Ex-presidente francês Valery Giscard d'Estaing 14/10/2014 REUTERS/Benoit Tessier reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. dezembro 2020 - 00:16

PARIS (Reuters) - O ex-presidente francês Valéry Giscard d'Estaing, um dos principais arquitetos da integração europeia no início dos anos 1970, morreu aos 94 anos, informou o Palácio do Eliseu nesta quarta-feira.

Giscard, que comandou a França de 1974 a 1981, havia sido hospitalizado recentemente em Tours, no oeste da França, e estava em tratamento na unidade de cardiologia, segundo a rádio Europe 1, que primeiro noticiou a morte.

Segundo informações de sua fundação, o ex-presidente faleceu devido a complicações relacionadas à Covid-19.

Giscard era conhecido por liderar a modernização da sociedade francesa durante seu mandato na Presidência, incluindo medidas como o divórcio por consentimento mútuo e a legalização do aborto, e foi um dos arquitetos da integração europeia.

Eleito presidente aos 48 anos, ele chegou ao poder após anos de comando Gaullista e buscou ser liberal na economia e nas atitudes sociais.

Ele perdeu a candidatura à reeleição, no entanto, para o socialista François Mitterrand.

Na Europa, Giscard estabeleceu um relacionamento próximo com o ex-chanceler da Alemanha Ocidental Helmut Schmidt e juntos eles lançaram as bases para a moeda única do euro, com o Sistema Monetário Europeu.

(Reportagem de Michel Rose)

Partilhar este artigo