Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

PARIS (Reuters) - O ex-presidente francês Jacques Chirac afirmou que está pronto para aparecer perante um tribunal para enfrentar acusações de desvio de dinheiro público durante o tempo em que serviu como prefeito de Paris. Ele disse que está determinado a limpar seu nome.
Na semana passada, foi ordenado que Chirac, de 76 anos, fosse a julgamento por alegações de que, quando era prefeito, a Prefeitura da Paris entregou contratos para empregos fantasmas como um favor a pessoas que eram úteis politicamente.
"Quero ser capaz de estabelecer a realidade dos fatos rapidamente para que essa página possa ser virada definitivamente", disse Chirac em uma entrevista que será publicada na edição de quinta-feira do jornal Le Figaro.
Nunca um ex-chefe de Estado francês foi processado por corrupção e o caso provocou enorme interesse da mídia francesa.
A promotoria de Paris disse nesta quarta-feira que não iria apelar da decisão do juiz, removendo um obstáculo para uma audiência judicial.
Chirac foi prefeito de Paris de 1977 até 1995, quando foi eleito presidente. Ele desfrutou de imunidade constitucional durante os 12 anos em que foi chefe de Estado, mas teve que enfrentar problemas legais desde que deixou o cargo, em 2007.
Chirac e mais nove pessoas devem ir a julgamento por 21 contratos fechados nos anos 1990.

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters