Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ex-presidente chileno Ricardo Lagos 17/07/2014 REUTERS/Jorge Adorno

(reuters_tickers)

SANTIAGO (Reuters) - O ex-presidente chileno Ricardo Lagos, de centro-esquerda, desistiu nesta segunda-feira de disputar as próximas eleições presidenciais depois que o governista Partido Socialista decidiu no fim de semana que apoiará a candidatura do senador independente Alejandro Guillier.

Lagos, militante socialista e lançado como pré-candidato do Partido pela Democracia, desistiu de seguir em frente na disputa eleitoral em meio a um baixo apoio nas pesquisas eleitorais e pequena adesão entre os partidos de esquerda da coalizão governista.

"Decidi renunciar à aspiração de alcançar novamente a Presidência da República", disse Lagos a jornalistas.

O Partido Socialista decidiu no domingo apoiar a candidatura independente do senador Alejandro Guillier, um ex-jornalista de esquerda que é membro da coalizão governista Nova Maioria e que se comprometeu a avançar com as reformas da atual presidente, a socialista Michelle Bachelet, no país que é o maior produtor de cobre no mundo.

(Reportagem de Antonio de la Jara)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters