Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, durante reunião do Conselho de Segurança em Nova York 05/07/2017 REUTERS/Mike Segar

(reuters_tickers)

Por Michelle Nichols

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - A embaixadora norte-americana na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, irá viajar a Viena neste mês para discutir atividades nucleares do Irã com autoridades da agência de monitoramento atômico da ONU, disse uma autoridade norte-americana nesta quarta-feira, como parte da revisão de Washington sobre o cumprimento de Teerã do acordo nuclear de 2015.

A autoridade disse à Reuters que Haley, membro do gabinete do presidente Donald Trump, irá se encontrar com autoridades da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e a delegação norte-americana em Viena para explorar ainda mais a extensão das atividades nucleares do Irã.

Em abril, Trump ordenou uma revisão sobre se uma suspensão das sanções sobre o Irã relacionadas ao acordo nuclear estava no melhor interesse da segurança nacional dos Estados Unidos. Ele classificou o acordo como “o pior acordo já negociado”.

A maior parte das sanções impostas pela ONU e pelo Ocidente foi retirada há 18 meses sob um acordo que o Irã fez com potências mundiais para conter seu programa nuclear.

Sob a lei dos Estados Unidos, o Departamento de Estado deve notificar o Congresso a cada 90 dias sobre o cumprimento iraniano do acordo nuclear. O próximo prazo é em outubro e Trump disse pensar que até a data os Estados Unidos irão declarar o Irã como não conforme.

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759)) REUTERS ES

Reuters