Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Importante autoridade curda de combate ao terrorismo Lahur Talabany durante entrevista com a Reuters em Sulaimania, no Iraque 17/07/2017 REUTERS/Ari Jalal

(reuters_tickers)

Por Michael Georgy

SULAIMANIA, Iraque (Reuters) - Uma importante autoridade curda de combate ao terrorismo disse nesta segunda-feira ter 99 por cento de certeza que o líder máximo do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, está vivo e localizado ao sul da cidade síria de Raqqa, apesar de relatos de que ele teria sido morto.

"Baghdadi está definitivamente vivo. Ele não está morto. Nós temos informações de que ele está vivo. Nós acreditamos 99 por cento que ele está vivo", disse Lahur Talabany à Reuters durante entrevista.

"Não se esqueça que suas origens datam dos dias da Al Qaeda no Iraque. Ele estava se escondendo dos serviços de segurança. Ele sabe o que está fazendo", acrescentou.

O reservado líder do Estado Islâmico tem sido frequentemente relatado como morto ou ferido desde que declarou um califado e se intitulou líder de todos os muçulmanos em um discurso de uma mesquita em Mosul em 2014.

Ele agora é um fugitivo, mas ainda um inimigo forte, disse Talabany, que tem estado à frente dos esforços para rastrear Baghdadi como parte da coalizão internacional contra o Estado Islâmico.

"Ele não é uma figura fácil. Ele tem anos de experiência em se esconder e em escapar de serviços de segurança", disse Talabany.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters