Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

DHAKA (Reuters) - Pelo menos três pessoas, incluindo um policial, foram mortas e dezenas se feriram em duas explosões de bombas neste sábado perto de um esconderijo de militantes que estava sendo invadido por soldados no nordeste de Bangladesh, disse a polícia.

As explosões no distrito de Sylhet vieram um dia após um homem bomba ter explodido em um ponto de checagem perto do principal aeroporto do país, em um ataque assumido pelo Estado Islâmico.

Duas pessoas foram mortas e mais de 30 se machucaram em uma das explosões perto do esconderijo. Um policial morreu na segunda explosão em frente ao prédio, disse o policial Rokon Uddin.

Vários soldados e policiais estão entre os feridos, ele acrescentou.

A responsabilidade pela autoria do atentado não foi assumida imediatamente.

Soldados invadiram o esconderijo que pertencia a um grupo islâmico local, que se aliou ao Estado Islâmico e que foi responsabilizado pelo ataque a um café em julho do ano passado, no qual 22 pessoas morreram, a maioria estrangeiros.

Neste sábado, soldados resgataram todas as 78 pessoas presas dentro do prédio de cinco andares, em uma operação que ainda está em andamento.

(Por Ruma Paul)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters