Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policiais afegãos em local de explosão de bomba em Cabul. 7/2/2017. REUTERS/Omar Sobhani

(reuters_tickers)

Por Mirwais Harooni

CABUL (Reuters) - Ao menos 20 pessoas morreram nesta terça-feira quando uma bomba explodiu do lado de fora da Suprema Corte do Afeganistão, no centro da capital do país, disseram autoridades do governo, o que pareceu ser o mais recente de uma série de ataques contra o judiciário.

O Ministério da Saúde Pública disse que no mínimo 20 pessoas perderam a vida e que 41 feridos foram levados a hospitais de Cabul.

Ninguém assumiu de imediato a autoria do ataque, no qual, segundo a polícia, um possível homem-bomba visou funcionários do tribunal que saíam de seus escritórios ao final do expediente.

"Quando ouvi uma explosão, corri para o estacionamento da Suprema Corte para encontrar meu irmão, que trabalha lá", disse a testemunha Dad Khuda, acrescentando que encontrou o familiar com vida.

"Infelizmente, várias pessoas morreram e se feriram", completou.

Reuters