Reuters internacional

Uma moradora organiza velas próximas de uma imagem religiosa, depois de explosão em depósito de fogos de artifício em San Isidro, Chilchotla, no México. 09/05/2017 REUTERS/Imelda Medina

(reuters_tickers)

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Ao menos 12 pessoas morreram, incluindo cinco crianças, e 30 ficaram feridas devido a uma explosão em uma casa que servia de depósito de fogos de artifício no Estado mexicano de Puebla, no centro do país, informaram autoridades nesta terça-feira.

A detonação ocorreu na noite de segunda-feira em San Isidro, Chilchotla, durante os preparativos para um festival local que acontece na próxima semana.

"Um grupo de pessoas morava na casa onde o material pirotécnico estava armazenado para uso nas festividades. Um fogo de artifício disparado por alguém do lado de fora (da casa) caiu na pilha de fogos de artifício, causando a explosão que derrubou a casa", disse o governo de Puebla em um comunicado.

Nove pessoas morreram na hora e outras três morreram depois de serem levadas a hospitais próximos.

Uma série de grandes explosões destruiu um mercado de fogos de artifício nos arredores da capital mexicana em dezembro, matando ao menos 35 pessoas, ferindo dezenas e transformando o mercado em terra calcinada.

(Por Veronica Gomez)

Reuters

 Reuters internacional