Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Zachary Fagenson e Ricardo Ortiz

MIAMI/SAN JUAN, Porto Rico (Reuters) - O furacão Irma provocou a morte de cinco pacientes de uma casa de repouso no Estado da Flórida que ficou sem eletricidade devido à tempestade, que causou amplas enchentes e cortes de energia no fim de semana, disseram autoridades nesta quarta-feira.

Classificada como uma das tempestades mais poderosas registradas no Atlântico quando atingiu o Caribe na semana passada, o Irma deixou mais de 60 mortos no total, de acordo com autoridades.

Ao menos 23 pessoas morreram na Flórida e em Estados vizinhos, e a destruição foi generalizada na região de Florida Keys, onde o Irma chegou no domingo e se tornou o segundo grande furacão a atingir o território norte-americano nesta temporada.

Dois moradores idosos foram encontrados mortos na casa de repouso Hollywood Hills e três morreram posteriormente em um hospital, disse a prefeita da região de Broward, Barbara Sharief, a repórteres, nesta quarta-feira.

Alguns moradores foram retirados da instalação na manhã de domingo e outros supostamente acordaram doentes no centro, que ficou sem ar condicionado por alguns dias.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters