Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NOVA YORK (Reuters) - O FBI fez um alerta aos pais nesta segunda-feira sobre os riscos de privacidade e segurança dos brinquedos infantis conectados à internet.

Em um aviso publicado em seu site, o Federal Bureau of Investigation disse que tais brinquedos podem conter peças ou recursos como microfones, câmeras, GPS, armazenamento de dados e reconhecimento de fala que podem divulgar informações pessoais.

Conversas normais com um brinquedo ou no ambiente circundante podem revelar o nome, a escola, gostos e atividades de uma criança, segundo o FBI.

"Acredito que esta é a primeira vez que o FBI emitiu esse tipo de aviso", disse Tod Beardsley, diretor de pesquisa da empresa de segurança cibernética Rapid7, em uma entrevista por telefone.

"Muitas pessoas tendem a confiar no FBI como uma organização governamental, por isso, definitivamente aumenta a consciência do risco associado aos brinquedos conectados à internet."

Brinquedos inteligentes e dispositivos de entretenimento estão ganhando popularidade pela incorporação de tecnologias que aprendem e adaptam seus comportamentos com base nas interações do usuário.

Em fevereiro, a Alemanha proibiu as vendas e a propriedade de uma boneca falante chamada Cayla feita pela empresa norte-americana Genesis Toys, citando risco de hackeamento associado ao brinquedo.

(Reportagem de Angela Moon)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters