Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - Guardas de fronteira da Jordânia entraram em conflito com militantes que tentaram atacar suas posições na fronteira com a Síria neste sábado, matando os atiradores e destruindo três motocicletas em que eles estavam, informou a agência estatal de notícias Petra.

A agência não informou quantos militantes foram mortos no ataque próximo ao campo Rukban para refugiados sírios, onde o Estado Islâmico reivindicou um ataque com carro bomba em maio e também entrou em conflito com forças rebeldes sírias que operam na área.

Citando uma fonte ligado ao comando das Forças Armadas jordanianas, a agência afirmou que os militantes tentaram atacar a posições avançadas dentro do território sírio na manhã deste sábado. Um guarda de fronteira ficou ferido.

(por Tom Perry)

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters