Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BENGHAZI (Reuters) - Forças do leste da Líbia realizaram ataques aéreos em torno de importantes portos petrolíferos durante a noite, tentando recuperar o controle da área de uma facção rival, disse um porta-voz militar no sábado.

O Exército Nacional da Líbia (ENL), com base no leste do país, e forças aliadas deixaram na sexta-feira os portos petrolíferos de Es Sider e Ras Lanuf, dois dos maiores terminais de exportação da Líbia, quando foram atacados por uma facção conhecida como as Brigadas de Defesa de Benghazi.

O ataque levantou a perspectiva de uma nova escalada de violência em torno dos portos e colocou em risco um forte impulso para a produção de petróleo da Líbia alcançado após o ENL assumir quatro portos em setembro, terminando com um bloqueio em três deles.

Embora Es Sider e Ras Lanuf tenham sido reabertos para exportações, eles foram gravemente danificados em combates passados ​​e estão operando bem abaixo da capacidade. Não estava claro até que ponto as brigadas de Benghazi tinham obtido o controle sobre os portos, ou se as operações nos terminais haviam sido afetadas.

A Corporação Nacional do Petróleo em Tripoli disse que realizou uma reunião de emergência na sexta-feira para analisar formas de proteger as instalações de petróleo na região e para rever o atual cronograma de envio da commodity.

(Por Ayman al-Warfalli)

Reuters